Publicado em: 9 Janeiro, 2020

Quais as causas, de pequenos derrames que surgem na superfície dos olhos?

A hemorragia subconjuntival, vulgo derrame ocular, manifesta-se por um aparecimento súbito é dramático de uma mancha vermelho-vivo na parte branca do olho que se vai gradualmente espalhando alarmando o doente e os que o rodeiam.

A hemorragia é provocada pela rutura dos pequenos vasos na parte branca do olho.

A maioria das hemorragias subconjuntivais  não estão associados a doença sistêmica subjacente e raramente têm uma causa identificável. Podem no entanto estar associadas a um aumento súbito da tensão arterial, a esforço físico intenso, alergias, vómitos, tosse, alterações da coagulação, trauma e pós operatório.

Esta patologia está mais associada a doenças sistêmicas como a HTA não controlada, Diabetes mellitus ou alterações da coagulação 

Os sintomas são raros podendo ocorrer irritação ou sensação de corpo estranho.

Se surgirem episódios repetidos  de hemorragia subconjuntival espontâneos ou pôs devem ser avaliados por médico oftalmologista.

O tratamento é conservador não sendo necessário tratamento específico dado que o sangue é naturalmente absorvido pelo organismo numa ou duas semanas . Nas primeiras 48 a 72 horas o derrame pode aumentar de extensão atingindo todo o globo ocular e posteriormente pode adquirir um tom  amarelado enquanto o sangue é reabsorvido.

Os doentes devem ser tranquilizados de que não estão tal mal quanto aparentam, já que por norma não há risco significativo para a visão.

Fonte: Dr. João Chibante – Oftalmologista EQUIPA COGE

Artigos relacionados