Publicado em: 23 Julho, 2019

Como preparar o seu animal para a chegada de um bebé?

  • “O cão percebe o mundo mais pelo olfato do que pela visão, introduza objetos com odores comuns aos produtos do bebé. Poderá dar um banho com o champô de bebé para que ele se familiarize com o cheiro. Poderá lavar os itens do seu cão (cama, lençóis) com detergente para roupa do bebé.
  • Use um bebé de brinquedo. É interessante habituar o seu cão/gato com a presença de alguém no seu colo. Quando estiver a brincar com o seu animal, poderá ter um bebé no colo para gradualmente ensiná-lo que ele ainda pode ficar próximo, para que se comporte calmamente na presença do bebé. É uma oportunidade para treiná-lo sem a presença do seu bebé, para que não haja nenhum risco para a criança.
  • Quando a mãe estiver na maternidade, depois do nascimento, leve para casa algumas peças de roupa do bebé e espalhe-as, por forma a que o seu odor se misture com os odores familiares. Assim, quando o bebé chegar a casa, já será identificado como algo familiar e haverá menos curiosidade envolvida, facilitando a adaptação de humanos e animais a uma nova realidade.
  • Não é recomendável colocar o seu animal em canil ou hotel durante o período em que está na maternidade. Ele voltará, sem dúvida, num maior estado de ansiedade e deparar-se-á com um novo ser, que não reconhece mas que relaciona com o momento de medo e stress pelo qual acabou de passar.
  • Ao regressar a casa deve pedir a alguém que segure o bebé, enquanto dedica uns momentos a cumprimentar o animal. Afastá-lo, enquanto se concentra no bebé só causará mais ansiedade. E, em busca de atenção, poderá ser demasiado invasivo e inadvertidamente ferir um dos dois, se o bebé estiver no seu colo. A apresentação do bebé só deverá acontecer quando o animal se encontrar sereno e tranquilo. Este poderá ser controlado pela trela e peitoral. O importante é que a apresentação só seja feita quando todos estiverem calmos e confiantes, não devendo existir berros para com o animal, sempre atitude calma.
  • Permita ao animal explorar e cheirar, mas se mostrar receio nunca o force a aproximar-se. NUNCA coloque o bebé à frente do nariz do cão. Este poderá sentir-se ameaçado e o medo fará com que possa reagir de forma agressiva. NUNCA coloque o seu bebé em risco como forma de apressar as coisas. Fale gentilmente enquanto o encoraja a aproximar-se, premiando cada progresso.
  • NUNCA o afague quando mostrou agressividade em relação ao bebé, no sentido de lhe mostrar que também gosta muito dele. Terá que compreender que se quer fazer parte desta família alargada, estar presente em todas as situações e continuar a ter a atenção de todos, terá que aceitar este recém chegado. NUNCA corrija um comportamento de forma agressiva, pois inevitavelmente a presença da criança será associada a acontecimentos negativos.
  • Se o animal mostrar agressividade ou medo na presença da criança, recue uns passos e volte a fazer a reintrodução gradual.”

Fonte: https://www.mordomia.pt/

Artigos relacionados