Publicado em: 26 Abril, 2021

Como conservar, congelar ou descongelar o leite materno?

Como conservar, congelar ou descongelar o leite materno

O leite materno pode ser conservado, congelado e descongelado e será sempre melhor do que qualquer leite de fórmula. Quando este é extraído mantém a maior parte dos seus benefícios, daí que quando não puder amamentar o seu bebé numa das mamadas e desde que as condições de higiene estejam asseguradas, pode extrair, conservar, congelar e descongelar o seu leite.

É sempre melhor o leite materno acabado de extrair do que o refrigerado e o refrigerado é preferível ao congelado. O leite acabado de extrair tem as melhores propriedades para o combate às bactérias e um teor mais elevado de antioxidantes, vitaminas e gordura, do que o leite refrigerado ou congelado.

Orientações para a segurança e higiene da conservação do leite materno

Desde que cumpra as condições de segurança e de higiene pode conservar o leite materno à temperatura ambiente, no frigorífico ou no congelador. Para tal, tenha em conta as seguintes orientações (para bebés de termo saudáveis):

  • Local de conservação: tempo de conservação segura.
  • Temperatura ambiente 16 °C a 25 °C: até 6 horas
  • Frigorífico 4 °C ou inferior: até 5 dias
  • Congelador -18 °C ou mais frio: até 6 meses, (até máximo de 9 meses)
  • Leite materno descongelado: Até 2 horas à temperatura ambiente. Até 24 horas no frigorífico. Não voltar a congelar.

Siga as seguintes indicações sobre como conservar o leite extraído em segurança e tenha em atenção que deve refrigerar o leite materno tão rapidamente quanto possível depois da extração.

leite materno

Leite materno no frigorífico

  • Conserve o seu leite em sacos ou frascos adequados para o efeito.
  • Pode acrescentar pequenas quantidades de leite extraído ao mesmo recipiente refrigerado, desde que o leite que quer juntar tenha sido previamente arrefecido no frigorífico. Não junte leite à temperatura corporal a leite já arrefecido.
  • Conserve o leite materno na zona mais fria do frigorífico – na parte de trás, na prateleira por cima do compartimento dos legumes. Não o mantenha na porta do frigorífico, onde a temperatura é menos constante.

Leite materno no congelador

  • Pode acrescentar leite extraído a leite materno já congelado, desde que o leite que quer juntar tenha sido previamente arrefecido no frigorífico. Não junte leite à temperatura corporal a leite congelado.
  • Para descongelar mais facilmente com o mínimo de desperdício, conserve o seu leite em porções pequenas (menos de 60 ml). Pode juntá-las depois de descongeladas.
  • Os frascos de vidro não são aconselhados para congelar o leite materno pois podem quebrar a temperaturas muito baixas. Os sacos de conservação de leite materno são os mais adequados para conservar o leite congelado, dado que são adequados para o congelador, prontos a ser utilizados e fáceis de etiquetar.
  • Encha os frascos ou os sacos com 3/4 da sua capacidade, pois o leite materno expande-se durante o congelamento.
  • Conserve o leite materno congelado na parte de trás do congelador, onde a temperatura é mais constante.

Descongelar leite materno

  • Não descongele o leite materno à temperatura ambiente.
  • O leite materno pode ser descongelado no frigorífico ou sob água morna corrente (a um máximo de 37 °C).
  • Poderá ser mantido à temperatura ambiente durante duas horas, no máximo, depois de completamente descongelado ou no frigorífico até 24 horas.
  • Não descongele nem aqueça leite materno congelado num micro-ondas ou em água a ferver. Pode danificar as suas propriedades nutricionais e protetoras e criar pontos quentes que podem queimar o seu bebé.
  • Nunca congele leite materno descongelado.
Aquecer leite materno

Os bebés saudáveis de termo podem beber leite materno à temperatura ambiente ou aquecido até à temperatura corporal.

Para aquecer o seu leite:

  • coloque o frasco ou saco de leite materno num copo ou numa taça com água morna durante alguns minutos até estar à temperatura corporal (37 °C);
  • utilize um aquecedor de biberões (não deixe a temperatura subir acima de 40 °C);
  • não utilize micro-ondas, pois pode sobreaquecer o leite;
  • agite suavemente o frasco ou saco, sem abanar ou sacudir, para misturar qualquer gordura que se tenha separado.

Atenção:

Pode notar que, por vezes, o seu leite materno refrigerado ou descongelado tem um cheiro diferente. Isto acontece porque uma enzima chamada lipase decompõe as gorduras e liberta ácidos gordos, num processo que ajuda a evitar o crescimento de bactérias nocivas.

Fonte: Enfermeira Parteira Liliana Correia – Equipa COGE

Recomendamos a leitura do artigo “Amamentação: cuidados a ter com os mamilos”

Artigos relacionados