Publicado em: 19 Julho, 2021

“Acupuntura, do passado ao presente, uma vida sem ansiedade”

tratamento da ansiedade através da acupuntura

Ansiedade o que é?

É uma sensação, um estado que envolve inquietação, preocupação ou incómodo, medo e apreensão em relação a alguma situação futura ou incerta. É uma resposta normal a uma ameaça ou a um stress psicológico. A Ansiedade habitual tem sua raiz no medo e cumpre um importante papel na sobrevivência. Quando um indivíduo se encontra numa situação perigosa, a Ansiedade desencadeia uma atitude de luta ou fuga. Com essa atitude, entram em curso diversas alterações físicas, tais como maior irrigação sanguínea para o coração e para os músculos, o que proporciona a energia e força necessárias para encarar situações de risco à vida ou ao bem-estar, como fugir de um animal agressivo, enfrentar um agressor, ficar sem emprego, perder alguém ou algo valioso. Porém se os sentimentos de ansiedade são extremos ou ocorrem em circunstâncias indevidas, se surgem com frequência, duram mais de seis meses interferindo no dia a dia, pode-se estar perante um transtorno de ansiedade.

Os transtornos de ansiedade incluem a Ansiedade generalizada, os ataques de pânico, síndrome do pânico e fobias específicas.

Causas:

Um transtorno de ansiedade pode-se desenvolver quando situações desafiantes provocam respostas inadequadas, ou quando o indivíduo é dominado pelos acontecimentos, não conseguindo voltar ao seu estado de equilíbrio interior e paz.

A Ansiedade também pode ser causada por um problema de saúde (doenças cardíacas, hormonais, respiratórias, febre, etc), pelo uso ou interrupção (abstinência) de um medicamento ou hábito (tabaco, álcool, drogas, jogo, relações afetivas).

Existem determinadas substâncias que podem mesmo desencadear crises ansiosas:

  • Álcool.
  • Estimulantes (cafeína, cocaína…)
  • Medicamentos (anfetaminas, corticosteroides…)
  • Alguns produtos fitoterápicos para emagrecer que contêm plantas como Guaraná, Café, Ephedra, Panax Ginseng.

Sintomas:

A Ansiedade pode surgir repentinamente, como se fosse uma crise de pânico, ou gradualmente no decurso de minutos, horas ou dias. A duração da ansiedade pode variar de alguns segundos a vários anos.

Pode haver variação de intensidade, desde uma angústia quase impercetível até um ataque de pânico muito grave, durante o qual a pessoa pode sentir:

  • Falta de ar.
  • Tontura.
  • Aumento da frequência cardíaca.
  • Agitação e tremor.
  • Sudorese.
  • Medo.
  • Dores diversas.
  • Insónia

Os transtornos de ansiedade podem ser muito aflitivos e interferir na vida do indivíduo a ponto de causar depressão. É possível que o mesmo venha a ter um transtorno por uso de substâncias. Frequentemente os transtornos de ansiedade criam propensão a ter depressão e algumas pessoas com depressão desenvolvem um transtorno de ansiedade.

Acupuntura, do passado ao presente…

A Acupuntura é uma terapia descrita e utilizada há mais de 2500 anos no Oriente. É atualmente um método terapêutico reconhecido e aconselhado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Tem origem na Medicina Tradicional Chinesa (MTC) como um dos cinco eixos de tratamento (Acupuntura & Moxabustão, massagem Tui Na, Dietoterapia, Fitoterapia, e Qi Gong). Consiste na inserção de agulhas muito finas, de uso único e a pouca profundidade em pontos específicos do corpo, que serão desta forma estimulados. As agulhas são deixadas no local, retidas por alguns minutos e depois removidas. Esta estimulação tem a capacidade de ativar, reorganizar e modular a circulação da Energia Vital no Ser Humano, promovendo a libertação de tensões acumuladas.

Através do reequilíbrio do organismo como um todo (Físico, Mental, Emocional e Energético) diferentes condições de saúde podem ser abordadas e integrativamente ultrapassadas.

Cientificamente, explicam-se os seus efeitos pela libertação de diferentes substâncias orgânicas tais como endorfinas, hormonas e neurotransmissores após a inserção das agulhas. Esta estimulação dos pontos de Acupuntura vai desencadear uma reorganização do Sistema Nervoso, das glândulas endócrinas e das exócrinas, do Sistema Imunitário, melhorar a circulação sanguínea e linfática, a oxigenação e o aporte de nutrientes aos tecidos, com consequente reequilíbrio do organismo (Homeostasia).

Uma vida sem Ansiedade

Uma vez diagnosticado com Ansiedade, a pessoa pode explorar opções de tratamento com seu médico. Para algumas pessoas, o tratamento médico não é necessário. Mudanças no estilo de vida podem ser suficientes para lidar com os sintomas.

Estas mudanças no estilo de vida podem ser uma maneira eficaz de equilibrar o stress e a Ansiedade do dia-a-dia:

  • Cuidar do seu corpo.
  • Participar de atividades saudáveis.
  • Eliminar os pensamentos doentios.
  • Dormir o suficiente.
  • Meditação.
  • Permanecer ocupado.
  • Exercício físico.
  • Dieta saudável.
  • Evitar álcool, cafeína, tabaco…

Em casos mais sérios, além destas mudanças de vida, será necessária ajuda terapêutica.

Até há bem pouco tempo este distúrbio era abordado exclusivamente com psicoterapia e fármacos. Porem com a inclusão da Acupuntura nos serviços de saúde, hoje a abordagem terapêutica pode passar combinada ou não, pela utilização desta terapia milenar que tanto valeu no passado em diversas áreas da saúde humana e que, pelos diversos estudos que vão sendo desenvolvidos, promete um futuro menos dependente de fármacos.

Genericamente, a acupuntura ativa o Sistema Nervoso Parassimpático, estimulando assim a produção de substâncias endógenas do bem-estar (endorfinas, hormonas e neurotransmissores). Inibe o Sistema Nervoso Simpático e reduz o nível das substâncias relacionadas com o stress como o cortisol.

Metodologia:

  • Os tratamentos são aplicados em sessões com a duração aproximada de 50 minutos.
  • No início de cada sessão, para além de algumas perguntas, é inspecionada a língua e o pulso como forma de determinar quais os pontos a utilizar e respetivas técnicas de inserção e estimulação.
  • Regra geral combinam-se pontos em localizações diversas do corpo, sendo por este facto aconselhado o uso de roupa larga e confortável nos dias de tratamento.
  • A duração do tratamento é variável e normalmente desenhado consoante as necessidades de cada indivíduo.

No caso de estar a tomar medicação prescrita pelo seu médico, é importante manter a toma dos mesmos enquanto recebe Acupuntura. Com o tempo a necessidade dos mesmos diminuirá e poderá então fazer desmame dos mesmos. Não deve parar nenhum medicamento sem antes o discutir com o seu médico.

Cuide de Si, viva bem, seja feliz.

Fonte: Dr. Eduardo Valverde – Acupuntor equipa COGE

Artigos relacionados